O Homem Alfa

cacadores

 

Quem me conhece, lê meus textos no blog ou meus posts nas redes sociais sabe que um dos caras que eu vivo citando é Varg Vikernes, a despeito de discordar de muito de sua opinião; recentemente comentei sobre o fato de que ele sendo casado e tendo três filhos deste casamento, além de uma filha adulta, não se gaba ou sequer comenta sobre sua vida sexual, não se vê referência dele neste sentido, pelo contrário uma das bandeiras que ele levanta é contra o que ele chama de “hipersensualidade” ou seja, a excessiva sensualizacao e sexualizacao da vida como um todo, uma supervalorização de um aspecto que é importante, crucial, prazeroso, mas que no entanto tem tomado uma proporção absurda e uma importância desmedida em relação a outros aspectos da vida.

O homem no contexto atual é ou deve ser o macho-alfa, o garanhão, o pegador, caso seja casado, ele pode até ser fiel a sua esposa, mas, deve jogar futebol ou arranjar qualquer outra desculpa para estar com os amigos e então deve seguir um ritual, comentar sobre aquela estagiária gostosa ou falar da bunda da mulher que estiver passando, enfim ele tem que dar a entender para os amigos que se não estivesse casado seria um pegador… e por que isto? Porque ele tem a necessidade de aprovação social do grupo, se não uma necessidade pessoal de provar pra si mesmo que é homem, por insegurança talvez, então por uma necessidade típica da adolescência de provar sua masculinidade perante os outros, afinal o que poderiam pensar dele se não agisse desta forma? Que não é macho o suficiente talvez, que não gosta da fruta?

Isto não significa que não se tenha desejos, que não se sinta atração, que não se tenha instintos, mas há uma expectativa para que o homem exale testosterona pelos poros o tempo todo em um nível sempre muito alto, é verdade que homens pensam mais em sexo que mulheres, isto é precisamente um dos fatos que nos faz ser homens, mas também é verdade que homens se interessam mais que mulheres por assuntos como politica, economia, guerras, carros, esportes, lutas… da mesma maneira que é verdade que demonstram relativamente pouco interesse por assuntos como moda, decoração, jardinagem, etc assuntos tipicamente femininos

Mas a questão é, será que um homem precisa ser o pegador pra ser homem? Será que um homem casado que cometa a estupidez de ser fiel tem que necessariamente comentar sobre outras mulheres com os amigos?(não pode apenas como um bom mineiro apreciar e guardar a opinião pra si?), somos homens e não estou dizendo aqui que devemos negar nossos instintos ou fingir hipocritamente que não vimos aquela estagiaria gostosa ou que não reparamos na bunda daquela outra, etc, aliás, já que toquei no assunto, vou dar minha opinião e tentar desfazer o mito de que a bunda, seja a preferencia nacional, acho apenas que é extremamente constrangedor olhar de frente, então olhamos de costas (o mesmo vale para as mulheres).

Voltando ao início deste post e a Varg, obviamente não o conheço pessoalmente e pelo que sei ele tem poucos amigos, mas pelo que vejo a postura dele não tem absolutamente nada do que descrevi logo acima que é a norma em nossa cultura ocidental pós-moderna, ou seja ele não fica falando disto o tempo todo ou tentando passar uma imagem de macho-alfa e se o fizesse teria caído alguns pontos no meu conceito, mas alguém arriscaria dizer que ele não é homem? Na frente dele? Acho que não!

Como costumo dizer, sexo faz parte da vida, não é a vida que faz parte do sexo! E isto significa que existe algo mais, algo maior, algo melhor! E que sim o sexo não é um fim em si mesmo! Que ser homem não é ser o pegador, até porque no reino animal o macho-alfa na é só o pegador, ele é o líder da alcateia, o que significa que ele deve ser o primeiro a enfrentar um predador e o ultimo a sair, muitas vezes arriscando a própria vida, deve ser o provedor, o protetor, etc, hoje existe muito moleque se gabando de ser macho-alfa, mas que se engravidar a namorada é o primeiro a correr, a pular fora; ser homem é assumir suas responsabilidades, assumir seus erros e arcar com as consequências de suas escolhas. Ser homem é sim se casar (constituir família), ter filhos e cria-los, educa-los e não apenas se achar o cara só porque é mais um idiota com um pênis no meio das pernas!

Este é mais um, entre tantos outros, aspectos que me identifico e admiro Varg, eu sou assim e sinceramente não me importo com o que  os outros pensam a meu respeito, na verdade nunca me importei, a não ser claro a adolescência, todos  nós passamos por esta fase, mas ao menos pra mim ela passou!

Obs. Enquanto alguns acharão este post careta, reacionário, etc outros o acharãoousado, inapropriado, bom, não sou hipócrita, a vida é assim quer você goste ou não!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s